Otimização SEO para Lojas Magento (1 a 5)

Em 2016, a concorrência em lojas online continua a aumentar. Para aumentar a visibilidade dos seus produtos nos motores de pesquisa como o Google, é importante que tenha em consideração várias definições de modo a superar a sua concorrência e assegurar que os seus produtos aparecem nos primeiros resultados das pesquisas.
As três primeiras posições do Google captam mais de 50% dos cliques.

1. “Default Title” e “Default Description”

Estas duas opções devem estar em branco, isto é, sem nenhum texto.
Porquê? Porque são usadas quando não estão definidas no produto ou na categoria. O que significa que irá ter várias páginas com o mesmo título e a mesma descrição e os motores de pesquisa penalizam o seu ranking quando detetam esses casos. Para ver que páginas da sua loja online têm títulos ou descrições duplicadas, pode consultar o Webmaster Tools da Google.

2. Produtos

A página mais importante da sua loja online é a página de produto. É essencial que todos os produtos tenham títulos e descrições únicas, corretas, úteis e otimizadas.

O título do produto deve descrever exatamente o produto a que se refere. Pense o que alguém que procura o seu produto, escreveria no Google. Pessoas diferentes irão pesquisar de forma diferente por isso tente identificar todas as variantes que conseguir. A designação mais comum deve fazer parte do título do produto. As restantes variantes devem aparecer na descrição do produto, na descrição das imagens, etc.

O url do produto é igualmente importante. Não use urls de produto genéricos e sem significado. Inclua palavras chave que identificam o produto e que correspondam às formas de pesquisa. Os motores de pesquisa levam esses termos em consideração quando calculam o “ranking” da página para cada termo de pesquisa.

Os meta-dados são tags que não são visíveis mas que não podem ser descurados.
O meta-title é o título que aparece na janela do browser e também o título da página nos motores de pesquisa. Este título deve conter as palavras chave que identificou e que atribuiu como nome do produto e url. Mas pode ser ligeiramente alterado de modo a ser mais completo e a conter mais termos chave.

A meta-description é uma versão reduzida da descrição do produto. Não pode conter tags HTML e aconselha-se a que tenha cerca de 150 caracteres. Este texto aparece nos resultados da pesquisa do Google, logo abaixo do título. É importante usar as palavras chave que identificou e um tipo de texto que incentive as pessoas a “clickar”. Para além de descrever o produto, tente comunicar com quem está a pesquisar.

As imagens dos produtos são também um fator crucial que os seus clientes avaliam no momento de decidir se compram ou não. Use fotografias com boa qualidade, com tamanhos generosos que permitam ver bem o produto, use várias imagens para mostrar todos os detalhes e se possível use imagens “produto em uso”. Inspire os seus clientes, faça-os pensar “também quero!”.
Para além disto, para otimizar o SEO dos seus produtos, os nomes dos ficheiros das imagens, devem conter as palavras chave mais importantes (ex. nome-do-produto.jpg) e não nomes genéricos e sem significado (img-123123231.jpg). No campo de descrição da imagem, escreva o nome do produto e mais algum detalhe sobre a imagem, ex. “Oculos XPTO lado esquerdo”, etc.

3. Produtos sem stock

Se os produtos da sua loja têm stock, por vezes podem ficar a zero. Quando o stock estiver a zero, se isso for temporário, o produto deve continuar visível na loja, com informação de stock indisponível.

Existe a opção de ocultar os produtos sem stock, que não é recomendada do ponto de vista de SEO. Porque apesar de o produto não estar visível, o link para essa página ainda estará nos motores de pesquisa, nas redes sociais, ou em algum post de um blog. Caso alguém click nesse link, irá obter um erro 404 de página não encontrada. Má experiência para o seu cliente e o Google irá também penalizá-lo.

4. Categorias

As páginas das suas categorias, são Landing Pages por natureza. Dedique tempo a descrever o tipo de produtos de cada categoria, seguindo as mesmas regras que identificámos acima para cada produto.
Escreva títulos interessantes e “certeiros”, inclua palavras chave no url da categoria, assim como na descrição. E os meta-dados aqui têm exatamente o mesmo papel que para os produtos. O meta-title será o título nos resultados de pesquisa e logo abaixo estará a meta-description.

5. Velocidade da loja

Já foi demonstrado várias vezes que quando maior for o tempo que demora a carregar uma página, menos vendas terá. Se as páginas da sua loja online demoram mais de 3 segundos a carregar, é urgente otimizar a sua loja online.

Existem várias definições que afetam a velocidade da sua loja online. Algumas são configurações que pode fazer na Administração do Magento outras exigem conhecimentos técnicos especializados. Um dos fatores mais importantes é o servidor de alojamento. Contrate um plano de alojamento que lhe dê tempos de carregamento abaixo de 3 segundos. O tempo que a sua loja online demora, para além de causar má impressão nos seus clientes, é penalizado pelos motores de pesquisa.

Estas são apenas algumas dicas sobre como otimizar o SEO da sua loja online.
Se quer aumentar as suas vendas, precisa de aumentar a visibilidade dos seus produtos para obter mais visitas.

Também tem de garantir que é fácil comprar na sua loja online. Mas isso fica para outro post…

Softag › eCommerce Magento, Websites e Marketing Digital — Lisboa, Portugal
Contacte-nos
Contactos
+351 21 314 61 82
Rua Andrade Corvo 27, 3º
1050-008 Lisboa, Portugal

Ver Mapa Contacte-nos